Send a message:

contact@artworkcreativity.com

Talk to us:

+55(19)99635 6185

Veículo: Cliente Arco-íris Feminista
Objetivo do texto: resenha política
Veículo: Instagram Arco-íris Feminista
Data: 31/10/2020
Título: “Especial Dia das Bruxas  
Link: Click here

Text

Hoje é “Dia das Bruxas”. Mas você sabe o que quer dizer a palavra bruxa? Bora aprender juntes?

O conceito de “bruxa” e “bruxaria” como conhecemos até hoje surgiu especialmente no século XIV, quando a Igreja Católica passou a perseguir, por meio da Inquisição, mulheres (e apenas mulheres) pagãs – ou seja, não cristãs – que tinham conhecimento de plantas medicinais, bem como práticas religiosas que não faziam parte do que a Igreja pregava. Estas mulheres, invariavelmente, apresentavam uma sexualidade mais aflorada e menos reprimida, o que é mostrado no filme #abruxanaada de maneira instigante, confira esse post na @academiadasartes_

As mulheres durante a Idade Média que possuíam domínio de ervas medicinais para a cura de enfermidades eram julgadas como hereges e pecadoras, pois, na concepção católica, elas tentavam enganar as leis divinas com rituais que iam contra os preceitos da Igreja Católica. Por isso, várias mulheres foram perseguidas e acusadas de feitiçaria ou bruxaria e, consequentemente, foram assassinadas pela prática de suas crendices e cultura.  

Foi com esse imaginário simbólico que acusações foram legitimadas e várias mulheres foram mortas, inclusive queimadas vivas, em diversas cidades da Europa até, finalmente, a chegada do Iluminismo e a luz da razão trouxe mais consciência sobre a interpretação de suas histórias.

Mais respeito. Mais direito. Nossa luta continua e viva “as bruxas e as bruxarias” que nos trouxeram tanto conhecimento e cura sobre elementos maravilhosos da natureza.

Vem ser bruxa conosco também, afinal somos as netas das bruxas que eles não conseguiram queimar! 

× Talk to us