Send a message:

contact@artworkcreativity.com

Talk to us:

+55(19)99635 6185

Client: Arco-íris Feminista
Objetivo do texto: resenha política
Veículo: Instagram Arco-íris Feminista
Data: 27/10/2020
Título: “O que é ser feminista para você?” 
Link: Click here

 Text

Hoje queremos bater-um papo especial com nossas seguidoras mulheres, e vamos começar com duas questões:
1. Ao exercer a mesma atividade profissional que um homem, você acredita que deveria receber o mesmo salário que ele?
2. Você concorda que a mulher tem direito ao voto?

Se você respondeu sim para as duas questões acima, você é feminista! O feminismo nada mais é que um movimento político-social, uma doutrina que preconiza o aprimoramento e a ampliação do papel e dos direitos das mulheres na sociedade. Portanto, NÃO é antônimo de machismo e muito menos contrário a ser FEMININA.

O movimento foi criado com o objetivo de termos direitos iguais e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões patriarcais, baseados em normas de gênero. E porque sofremos repressões por sermos mulheres desde sempre.

Conhece histórias de abuso? Histórias de violência contra a mulher? De estupro? Hoje podemos trabalhar? Votar? Estudar? Praticar esportes? Viajar? Ir e vir para onde quisermos sem pedir permissão ao pai ou ao marido? Entre outras coisas mais!

Então, agradeça as mulheres que lutaram pra que pudéssemos fazer tudo isso. Milhares delas foram caladas, mortas, torturadas. Mas por causa delas conseguimos todos os direitos que temos hoje! E ainda nem estamos na metade dessa luta, porque muitas de nós mulheres insistimos em aceitar uma sociedade que cria filhos homens e filhas mulheres para serem machistas.

Antes de assumir que você não é feminista, leia, estude, assista filmes, séries, hoje temos acesso a muitas informações graças a luta diária dessas mulheres que foram massacradas no passado e ainda são, inclusive por nós mulheres.

Nenhuma mulher necessariamente precisa pertencer a um movimento organizado para se dizer feminista. O importante é que tenha consciência da sua opressão e tome ações para contribuir na jornada diária por libertação. Chega de construir um mundo baseado nas escolhas masculinas, busque a sua voz e lute pelo seu papel.

× Talk to us